, , ,

Atrás das muralhas.

17:38



  De novo você tentou, esperando que tudo desse certo não quis se basear nas antigas experiências e acreditou que sim, dessa vez seria diferente. Por algum tempo foi como se os ventos conspirassem a favor, naturalmente as coisas aconteceram como se estivessem traçadas em um plano bem feito sem riscos de erros, as expectativas foram se cumprindo uma a uma e tudo que se podia esperar era que o dia seguinte fosse melhor que o anterior. Idiota, tão ingênua de sua parte acreditar que tudo isso duraria muito tempo, devia ter ouvido conselhos, ter pensado direito, não ter se precipitado. Como sempre você não foi capaz de esperar, as batidas do coração eram mais rápidas que os segundos sendo contados no relógio e sem pensar se ariscou de novo como num salto no escuro.
  Saltou e caiu. Quantas decepções são necessárias para transformar um coração em pedra? Ele foi um dos seus maiores erros e hoje é possível enxergar. Muita intensidade, pouco tempo. Para você, meses pareciam um vida e ele era a parte mais importante dos seus dias, tardes, noites e pensamentos mas você se decepcionou. De novo? Sim, apesar de ter prometido que isso não aconteceria novamente não é possível ter certeza do outro e não se vive um amor sozinho. Acabou desse jeito, como um livro que teve paginas arrancadas e ficou incompleto, impossível de ser lido.
  Hipocrisia dizer que não foi bom, você curtiu todos aqueles momentos como se fossem os últimos de sua vida, ridículo tentar pronunciar, "Eu preferia jamais ter te conhecido" você sabe que não é verdade, não imagina como seria sua vida sem essa parte e agora se conforma como a melhor opção de fim que encontrou.
  Quantas decepções são necessárias para transformar um coração em pedra? Bom, talvez você esteja só tentando se proteger, transformar seu coração em pedra e se esconder atrás de muralhas não são exatamente melhores coisas a se fazer mas agora devem amenizar a dor.

 Andressa maia.

Posts relacionados

0 COMENTÁRIOS