,

Vai fazer o que? Curso - Publicidade

14:10

 Olá meninas, tudo bem com vocês? Hoje estou iniciando uma nova tag muuuito legal aqui no blog que eu tenho certeza que vai ajudar muita gente!

Vocês já devem ter percebido que o CBA não fala só de moda e eu gosto muito de abordar assuntos diferentes por aqui. Pensando nisso e na faixa etária de boa parte das leitoras e resolvi criar a TAG: "Vai fazer o que?" Para que vocês conheçam cursos diferente de graduação, sei que muitas de vocês estão no ensino médio e sofrem com aquele conflito, que faculdade vou fazer? Em que vou trabalhar?
Eu passei por isso e posso afirmar que o melhor é fazer o que amamos. Não tenham medo de errar, de tentar de novo e de quebrar a expectativa dos seus pais, pois afinal quem viver tudo isso são vocês! No primeiro post da tag entrevistei a Jullie Bittencourt que se formou na faculdade onde hoje faço o meu curso, vamos ver o que ela tem a dizer sobre Publicidade e Propaganda?


Nome: Jullie Bittercourt
Formação: Letras pela Unimontes e Publicidade e Propaganda pelas FIPMOC
Trabalha atualmente: Marketing da LIGA Sistemas

1. O que te motivou a escolher o curso de Publicidade e propaganda? 

Sempre achei que devia fazer um curso voltado para a comunicação. Sempre me disseram que eu era comunicativa, falante e expansiva. Não entendia bem como isso poderia refletir profissionalmente, mas gostava da ideia. Quando chegou o momento de me inscrever no vestibular, acabei optando pela Unimontes por ser pública e por não ter condições de estudar fora na época. Cursei Letras. No meio do curso, a FIPMoc abriu o curso de PP e eu fiquei tentada. Mas acabei formando primeiro. Formada, teria condições de trabalhar e eu mesma assumir o custo da faculdade que eu realmente queria. Entre Jornalismo e Publicidade, os dois cursos disponíveis na época, acabei me decidindo ao dar uma olhada na grade curricular. A publicidade era colorida. Jornalismo, preto e branco. Então eu pensei: “eu sempre gostei de colorir” e a decisão estava tomada. 

2. O curso cumpriu suas expectativas sobre ele? 

Eu não tinha muitas expectativas sobre o curso. Era um mundo muito novo. Só tentei aproveitar ao máximo, participando de tudo que aparecia, desde os projetos multidisciplinares aos programas de TV. 

3. Quais foram as dificuldades que você enfrentou durante a faculdade? 

Era uma dificuldade mais pessoal: trabalhar e estudar muitas vezes era esgotante. 

4. Quais matérias do seu curso você considera essenciais para um profissional publicitário? 

Teoria da Comunicação e Marketing. São os conceitos embriões do curso. Sem eles, nada vai funcionar na prática profissional. 

5. Em quais áreas o seu curso te possibilita atuar? 

Todas porque depende do seu desempenho, mas meu curso foi mais voltado para a área criativa que administrativa. Essa consciência só se toma depois que se entra no mercado de trabalho de fato. 

6. Como está o mercado de trabalho para os novos publicitários? 

Em Montes Claros, tem espaço, mas os salários se estagnam muito rapidamente. Em Belo Horizonte, muito difícil. As empresas contratam “estagiários” para funções de analistas. Quando estes formam, são descartados para alguém que aceite trabalhar por menos. Tem que ser muito bom, ter cursos extras, experiência e projetos executados com resultados para entrar em boas empresas. 

7.Antes de entrar na faculdade você fez alguma pesquisa sobre piso salarial e mercado se trabalho?

Muito por alto. Mas ainda assim o que li não corresponde com a realidade. 

8. Você se sente realizada no curso que escolheu? 

Sinto, por mais difícil que seja. Esta semana, fui premiada por um trabalho muito bacana realizado na ALK Comunicação ano passado no Prêmio Profissionais do Ano da Rede Globo. Uma valorosa conquista, mesmo com os recursos mais limitados do Norte de Minas. Coisas assim fazem valer a pena. Quando há reconhecimento, sempre há o sentimento de realização. 

9. Publicidade é um curso para quem ... 

É curioso, bem disposto e não tem conceitos plenamente formados. É preciso investigar a vida, a arte, a cultura, os livros, os filmes, a música, a internet todos os dias, sem cansar. Chamam-nos de criativos, mas a criatividade nos é emprestada, quando abrimos espaço para ela dentro de nós.


É isso meninas, se você se identificou com esse curso ou já faz Publicidade e propaganda como eu o/ conte pra gente nos comentários! Espero que vocês tenham gostado da nossa nova tag, beeijos.

Posts relacionados

0 COMENTÁRIOS