Moda Real: Larissa na estrada

11:08


Oi meninas, tudo bem? Hoje trouxe para vocês mais um post da tag "Moda Real", dessa vez entrevistando a gata Larissa Bés, dona do blog Larissa na estrada e de uma história incrível! A Lari morava no Brasil e através do instagram conheceu o seu grande amor, depois disso resolveu largar tudo por aqui e se mudar de vez para os EUA. Logo que se mudou ela resolveu criar o blog para contar sua história e compartilhar coisas sobre sua nova vida. O blog da Lari tem feito o maior sucesso e se você não conhece, vale a pena conhecer!

Conheci a Larissa também através do instagram HAHA! Resolvi puxar conversa com ela já que eu já acompanhava o "Larissa na estrada", a Lari foi uma fofa comigo e super topou quando eu a convidei para participar da tag ♥


 Larissa Bés, 20 anos, morando atualmente em New York



1- Lari, de onde vem sua inspiração para montar os looks que você usa?

Na verdade Andy, como boa geminiana, eu visto o que eu quero de acordo com o meu humor ou disposição.
 
2- Você consegue se definir em um único estilo?
 
Eu diria que amo o estilo swag, roupa mais largadinhas, estilo de rua, sabe? Adoro! Acho que super combina comigo! Mas eu também estou adorando essa nova fase de menininha.
 

3- De qual peça do seu armário você não abre mão?

Com certeza SHORT! Amo amo amo. cresci na praia, então eu usava o tempo todo, e aqui não é diferente. Até no frio, uso short, acredite.
 
4- Qual foi a última compra que você fez?
 
Puts, compra mesmo eu não tenho ideia. Talvez uma bota no natal pra sobreviver aos tempos de neve. Ultimamente eu tenho recebido produtos de parceria, então se isso contar, a peça mais nova do meu armário é um short de cintura alta e um scarpin dourado que recebi de uma mesma loja!
 
5-  Existe algo ou alguém que te inspira na hora de se vestir?

Puts, ninguém hahahahaha. Na verdade, ninguém famoso. Mas eu sigo vários perfis no instagram que postam looks, e os que eu gosto vou salvando na minha pastinha no celular, vai que um dia eu precise, né?
 
6- Você costuma acessar blogs ou sites sobre moda?
 
Eu adoro acessar blogs, mas quase nunca visito sites de moda. Não tenho muita paciência para esses padrões de beleza, tanto é que eu não faço nenhuma combinação de look ultra mega arriscada, por exemplo xadrez e floral. Pra mim é tudo brega, eu sou super básica, e geralmente sites de moda exageram um pouco. Então eu costumo visitar blogs menos conhecidos, desses com produções mais básicas e baratas, que cabem no bolso de qualquer um.
 
7- Você acha que a música, o ambiente em que você vive e as pessoas com quem você convive, podem influenciar no seu estilo?
Influencia sim, principalmente o ambiente, mas isso não é uma regra. Sempre tem alguma pessoa mais curiosa, que não gosta de se vestir conforme o padrão e acaba optando por ter outro estilo.
 
8- Depois que você se mudou para os EUA alguma coisa mudou no seu jeito de se vestir? 

Na verdade, quando eu vim pro Eua eu abri o blog na mesma época, e o que me fez mudar um pouco (do estilo largado pro estilo menininha) foram esses blogs que eu passei a conhecer depois que criei o meu. A única coisa que mudou depois da troca de país, foi a minha tranquilidade em me sentir livre pra usar o tamanho do short que eu quiser, porque aqui ninguém se importa pra você, e se você quiser ir no mercado de pijama, tá tudo bem, enquanto no Brasil eu vivia cercada de padrões e olhares estranhos até para o comprimento de um short!
 
9- V
ocê tem um corpão lindo e adora valorizar isso nos seus looks, qual a dica que você dá para as meninas que tem corpão como o seu e ficam se limitando na hora de usar alguma roupa?
 
Olha, eu já recebi muitaaaaaa crítica por conta das minhas fotos/looks valorizando meu corpo. Já fui chamada de gorda, fiona, roliça, inchada, enfim... muitos e muitos apelidinhos sem graça. Por muitos anos eu fui magérrima, dessas que usa roupa de criança aos 17 anos, e me sentia mal por isso. Foi aí que comecei uma reeducação alimentar e entrei na academia. Hoje, como toda mulher, ainda tenho as minhas insatisfações, mas com certeza estou melhor que alguns anos atrás, por isso eu não ligo quando alguém fala bobagens. Demorei muito tempo pra ter "o corpo que eu queria" e não vão ser meias palavras que vão me fazer parar de mostrar o que eu gosto. A minha dica é: seja você e sempre você! Se você é gorda, magra, alta, baixa, amarela, enfim.. não interessa: desde que você esteja feliz e se ame muito!

 









You Might Also Like

0 COMENTÁRIOS

FÃ PAGE

PINTEREST