,

Tecle pra recomeçar

10:46


Porque quando você acha que conhece uma pessoa, você não conhece de verdade... ou ela muda. É incrível o que alguns anos fazem com um relacionamento, assim como algumas centenas de quilômetros, ou os dois juntos. A saudade, o ciúmes, o medo de perder... somos todos seres racionais controlados por um inconsciente que não leva a serio essa história de razão. Somos todos emoção.

É curioso acordar pela manhã e imaginar o que “ele” está fazendo agora, é sacrificante para um amor viver pelo telefone, pelas mensagens, e-mails e redes sociais. Ver de mês em mês, ou apenas em feriados... Afinal a vida tem um curso a ser seguido, gostar de alguém não é uma coisa que necessariamente você escolhe, e talvez a outra pessoa não escolha, ou talvez ela se adapte melhor a 600 km de distância escolhendo outra(s) pessoa(s). A vida tem um curso a ser seguido, as pessoas tem vontades, desejos... e cometem burrices o tempo todo.


Então você chora, perde o apetite e faz mil promessas pra você mesma, mas não vai cumprir nenhuma. As pessoas mudam, relativamente mas mudam. Lembra do primeiro cara que você rejeitou? Do primeiro que você beijou? Dos segredos que você guardou com tanta astúcia quando tinha 15 anos de idade e era apaixonada pelo amigo do seu irmão, ou pelo seu vizinho, colega de sala...? Hoje parece bobo, não é? Um dia você chorou por um amor e depois de achar outro você nem se lembra mais do que se tratava.

Então eu vou contar como é que funciona: Você faz planos. Têm 50% de chance de dar certo e mais 50% de dar errado, assim como tudo. As estatísticas mudam de acordo com o seu empenho – no caso de um relacionamento a distância, o esforço mútuo para que vocês tenham contato o máximo possível é um bom exemplo – mudam depois das brigas, podendo aumentar depois da reconciliação, mas você não mora na cabeça da outra pessoa.

Não há regra.

E eu não trabalho no IBGE.

Está por um fio? SE ESFORCE! Existem mesmo fronteiras em um relacionamento onde há confiança? Onde ambos se amam, se respeitam, se necessitam? A resposta é obvia. Eu acredito que a distância só fortalece o relacionamento, quando é pra existir um relacionamento.

Terminou? RECOMEÇE! Quantas vezes você já correu essa maratona? É a primeira vez? Segura a onda que ainda tem muito chão pela frente. Quando você cai, você costuma ficar no chão? Não são indiretas que vão endireitar as coisas, não é se fechando pro mundo que você vai encontrar respostas. A resposta é: VOCÊ. Levanta a cabeça, engole esse choro, liga para aquelas amigas que a um bom tempo você não vê, invista em VOCÊ.

Como anda a escola, a faculdade ou o trabalho? E a língua estrangeira? E aquela oportunidade de estágio, aquele vestibular que está chegando, aquela vaga de emprego? E a sua família? O cafuné da sua mãe...

Há tanta coisa na vida pra ser vivida enquanto perdemos tempo remoendo o passado, fazendo com que hoje seja o nosso ontem e limitando o nosso amanhã. Já está na hora de acordar, não é? Prepare-se pra a largada...

1,2,3.

Posts relacionados

4 COMENTÁRIOS