,

Um pé na bunda pode mudar sua vida!

13:01



 Falo por experiência própria. 

  Viver um término de namoro pode ser extremamente sofrido, se a vontade de dar fim a relação vem somente de uma das partes é como quando alguém corta um elástico que você estava segurando e ele chicoteia em você, dói.

  Eu sei como é, a vontade de fazer qualquer coisa desaparece, a cama se torna mais reconfortante que qualquer outra coisa e dormir/chorar em cima dela é o melhor remédio para a dor. Se você está nessa situação, tenho um bom conselho para te dar, sofra bastante! É isso mesmo que você leu, sofra a ponto de nunca mais querer sentir o mesmo, chore até desidratar, chegue ao limite e perceba, você não merece passar por isso.

  Deixe a ficha cair, relembre seu relacionamento e veja se tudo valeu a pena de verdade, se você fosse uma pessoa completamente racional continuaria com essa relação? Se tem alguma chance de voltar, ok, não sou radical a ponto de dizer que você não deve tentar voltar, não sou radical para dizer que pequenos erros de uma relação não podem ser corrigidos, tudo pode se resolver. 

  Só dê tempo ao tempo, ele sim, sabe de todas as coisas e se um dia você e o seu ATUAL EX resolverem voltar, tudo bem. Só não alimente esperanças demais, uma esperança errada é como um pequeno filhote fofinho com olhos brilhantes e grandes, quanto mais você a alimenta e gasta seu tempo com ela mais ela te ilude e cresce e um dia pode pode te engolir. Não deixe a esperança de voltar com alguem, impedir de você conhecer outras pessoas.

  
  Me lembro como se fosse ontem. Ele me ligou e perguntou se eu estava bem, respondi que sim. percebi logo que a voz dele tremulava e que algo nada bom estava prestes a acontecer.

   Foram dias difíceis, depois daquela ligação tive a notícia mais dolorida e inesperada do ano. Meu namorado acabava de terminar comigo por telefone e desligava sem muitas explicações, sem dar tempo para minha ficha cair, sem dar tempo para que eu processasse aquela informação, só conseguir responder: Se você quer assim, tudo bem.

   Costumo dizer que o fim de um relacionamento é composto de fases, a primeira, com certeza a pior de todas já foi descrita quase que como um relato pessoal nas primeiras estrofes do texto, garanto e te digo é ruim mas passa! 

   Na segunda fase que não tem tempo determinado para durar, você espera que ele volte. Sim, E-S-P-E-R-A-N-Ç-A de novo, aquela  filha da p****, o filhotinho bonitinho que falei anteriormente. Nesses dias suas mãos ficam coladas no celular, uma olhada a cada minuto, quem sabe uma ligação perdida, uma mensagem arrependida, tudo é possível não é? 

   Eu sei, eu sei, você já expeliu lágrimas suficientes para acabar com o problema da falta d'água em São Paulo, suas amigas já não aguentam mais ouvir você falar dele e não te abandonaram ainda só porque sabem que no seu lugar estariam do mesmo jeito. Se você está de pijama e se seu cabelo já se assemelhando a um ninho bem  feito de passarinhos, você acaba de comprovar minha teoria sobre término de namoro mas mantenha a calma, a segunda fase logo passa!

  Depois de algum tempo as pessoas ao seu redor vão se dando conta que vocês não namoram mais e é aí que a parte mais chata de todos os tempo começa, as perguntas. XIU PESSOAS, NADA DE PERGUNTAS! Por favor. Essa fase é delicada demais e nada pior que ficar remoendo e recontando toda história, fale educadamente (ou não) que prefere não falar do assunto.

  De agora para frente você enxerga um novo mundo, a ferida já criou uma casquinha e não dói tanto. Ele se tornou um pensamento menos recorrente e você consegue sim fazer muitas coisas além de dormir. 

  Seja inteligente, por um tempo pense só em você, faça planos e corra atrás de coisas que serão boas para VOCÊ. Um pé na bunda pode mudar sua vida a partir do momento que você percebe que nínguem pode te amar mais do que você mesma. Você não precisa de alguém que te complete porque bom mesmo é se sentir completo sozinho, o amor entre duas pessoas é feito para transbordar e só pessoas completas podem construir uma relação dura e firme de verdade.

  Pessoas são falhas e passar um relacionamento que deu errado é a melhor forma de entender isso, por mais que você faça tudo por outra pessoa um dia ela pode te magoar então seja leve e não coloque no outro o peso de ser o provedor da sua felicidade. Eu passei por essa situação, um pé na bunda (ou dois) me tornou mais forte, me fez enxergar qualidades que eu nunca havia percebido, me fez crescer e olhar para o mundo de uma forma diferente. 

Todas as coisas acontecem por um motivo, então não se esqueça, é preciso um céu cinza e triste com chuva para que depois o arco-íris apareça.


Posts relacionados

0 COMENTÁRIOS